Consuma leite é saudável e nutritivo!

O leite é uma bebida nutritiva de cor esbranquiçada e opaca produzida pelas glândulas mamárias das fêmeas dos mamíferos.

A composição química do leite é variada, devido à variação individual das espécies, raças, período de lactação, saúde animal, alimentação (tipo de pastagens), intervalo entre as ordenhas, estação do ano e clima. O leite é um alimento liquido contendo cerca de 86% de água. Está constituído por mistura de várias substâncias como lactose e minerais em solução, proteínas em forma coloidal (estando a caseína dispersa e a albumina e a globulina em solução), gorduras em forma de emulsão também dispersas no liquido, vitaminas e gases também em solução.

logo

A grande quantidade de lisina faz com que o leite seja utilizado como complemento de dietas baseados em cerais e outros nutrientes pobres neste aminoácido.

A quantidade de lactose pode variar entre 4,7 a 5,2% no leite de vaca. A utilização deste açúcar pela microflora intestinal resulta na produção de ácido láctico e na diminuição do ph, promovendo o desenvolvimento da lactofílica desejável, inibindo o desenvolvimento de bactérias putrefativas e patogênicas. A lactose também é importante porque melhora a absorção do cálcio no organismo.

A gordura do leite contribui para a melhor palatabilidade do produto, sendo responsável pelo grande número de ácidos graxos essenciais e pelo valor calórico do leite (1 grama de gordura fornece 9 calorias). Além disso, o valor nutricional da gordura é devido às vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K) e à presença do caroteno que é precursor da vitamina A.

O leite contém todos os minerais biologicamente importantes, incluindo microelementos, sendo considerado uma ótima fonte de cálcio e fósforo. O leite de vaca possui uma concentração bem mais elevada de minerais que o leite humano, razão pela qual nas fórmulas infantis deve-se ter o cuidado de diminuir a concentração deles na dieta, afim de evitar sobrecarregar o funcionamento renal, já nas demais faixas etárias, a maior concentração de minerais é vantajosa.

leite

O valor nutritivo do leite e seus derivados lácteos para a alimentação humana, se deve não somente por ser provedores de certos nutrientes essenciais, mas também a forma e distribuição equilibradas e de fácil metabolização com que esses elementos composicionais estão dispostos no produto.

Realmente, somos os únicos seres que consumimos leite na fase adulta, mas existem motivos para isso que vão além da discussão sobre saúde;

  1. Desenvolvemos técnicas para domesticação do gado e, assim, conseguimos incorporar o leite animal em nossa dieta.
  2. Não destinamos o leite à alimentação de outros animais adultos porque ele é considerado muito nobre e seu custo é alto demais para usá-lo como ingrediente de ração, embora alguns produtores de suínos utilizem soro de leite para alimentação dos animais.

Segundo a Dra. Patricia Blumer  Zacarchenco, pesquisadora Tecnolat – ITAL ( Centro de Tecnologia de Alimentos – Instituto de Tecnologia de Alimentos), que há mais de 10 anos estuda  o alimento. “Quando o filhote se torna adulto, o desmame feito pelas fêmeas das diversas espécies ocorre não porque o leite deixa de ser adequado para a cria, mas sim para que o filhote passe ingerir outros alimentos. Também serve para poupar energia da fêmea para um novo processo de gestação”.

A mesma lógica pode ser aplicada às pessoas. O leite, mesmo de origem animal, não deixa de ser nutritivo quando nos tornamos adultos, apenas incorporamos outros alimentos em nossa dieta, tanto por terem outros nutrientes que não estão presentes no leite quanto por aumentarem nossa capacidade gustativa. Por mais que exista uma vertente contrária ao seu consumo, o leite traz benefícios à saúde, sim. Ele ajuda na prevenção da síndrome metabólica, na redução da pressão arterial, na prevenção do diabetes tipo 2 e, claro, da osteoporose, pois quando o assunto é ingestão de cálcio, a bebida ainda é uma das fontes mais importantes do nutriente.

Claro que existem outros meios de ingerir o mineral. As verduras verde-escuras (brócolis, espinafre e couve), assim como castanhas-do-pará, amêndoas e tofu são excelentes fontes de cálcio como podemos verificar na tabela abaixo, muitas dessas, inclusive, tem teor mais elevado do mineral que o próprio leite.

Produto Cálcio
Brócolis – 100 gramas 513 mg
Leite – 100 ml 107 mg

Por que, então, insistir no consumo de leite? Segundo a Dra. Patricia Blumer  Zacarchenco “ Alguns alimentos, principalmente os ricos em fibras, contêm fitatos (presentes nos farelos dos cereais), oxalatos (presentes no espinafre e nas nozes) e taninos (presentes nos chás). Esses componentes diminuem a biodisponibilidade (a velocidade e extensão de absorção de um principio ativo) do cálcio, o que pode comprometer a quantidade de mineral efetivamente aproveitada pelo organismo. Já o leite conta com a presença de caseinofosfopeptideos, lactose e proteínas que facilitam a absorção do cálcio”.

QUEIJOS

Portanto além de ser um alimento saudável e nutritivo, sua cadeia produtiva envolve milhares de pessoas entre empresas, profissionais, produtores e consumidores tendo um papel fundamental e imprescindível na evolução da sociedade. Leite traz saúde, mas também renda e trabalho a vários segmentos de nossa sociedade e por isso sua grande importância social e econômica.

Hoje com a tecnologia dos alimentos as industrias conseguem disponibilizar o leite a todas as pessoas, por que conseguimos hoje processar leite especiais a pessoas com alguma intolerância aos seus princípios como por exemplo: Leite sem lactose e leite desnatado assim por diante, isso se detendo no leite fluido, mas sabemos da enormidade de derivados produzido com leite: queijos, manteigas, natas, sorvetes e etc.

Sendo assim, o leite é um alimento saudável e nutritivo podendo ser consumido de várias maneiras e possuindo uma gama grande de variação para atender as diversidades do mundo de hoje, Beba Leite é saudável e nutritivo.

Lissandro Stefanello Mioso

Médico Veterinário – CRMV 8457

Consultor Técnico

 

Referencias:

Portal da educação (www.portaldaeducção.org.br)

Portal Dráuzio Varela (www.drauziovarela.uol.com.br)

Portal beba mais leite (www.babamaisleite.com.br)